Google acadêmico: o que é e como usar essa ferramenta?

Google acadêmico

Google Acadêmico foi criado pelo Google para que os seus usuários pudessem pesquisar conteúdos específicos na área da literatura acadêmica. Lá, é possível encontrar um amontoado de informações divergentes: teses, mestrados, livros, slides, resumos, doutorados e muito mais.

Portanto, sempre que desejar pesquisar sobre determinado assunto e não encontrar no Google, provavelmente encontrará neste sistema. Mas, como acessar ele e fazer pesquisas? É sobre isso que iremos falar neste artigo!

Como acessar o Google Acadêmico?

Para acessar é muito simples, basta ir para a página oficial ao clicar aqui. A Interface é parecida com a qual já estamos acostumados. Use a barra de pesquisa para inserir a palavra chave sobre o tema.

Assim como a plataforma tradicional de pesquisas, eles fornecem um filtro que ajuda bastante nas buscas. Será possível delimitar a pesquisa através de datas, relevância, idiomas e até mesmo classificações.

Além desta forma de separar os conteúdos, existe a busca avançada. Está vendo aquela pequena seta na barra de digitação do tema? Clique nela. Essa opção possibilita uma pesquisa ainda mais refinada sobre o conteúdo.

Analisando a sua biblioteca

Todos os seus dados postados ficarão dentro da biblioteca. Vale ressaltar que se pode salvar todas as pesquisas ali dentro. Uma maneira bem prática e rápida de reunir todo o conteúdo necessário para sua pesquisa em apenas um local.

Suas citações

Existe alguma pesquisa em que cita o seu nome? Nesta categoria estarão todos os trabalhos científicos que foram de sua autoria.

Não se esqueça de preencher os dados de forma correta. Dessa forma, quando alguém postar algum artigo e te citar como colaborador, poderá aparecer neste espaço.

Peça para que o profissional que irá postar o artigo, cite corretamente o seu nome e dados. Neste momento é importante ter muita cautela.

E então, você já utilizou a plataforma do Google Acadêmico? O que acha sobre ela? Portanto, deixa aqui nos comentários sua opinião!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *